Museu de Amsterdã Rijksmuseum recentemente renovado 

DuPont-Corian-Brasil-Museu_Holanda
Balcão redondo da recepção no hall de entrada. A superfície trabalhada com DuPont™ Corian® Glaciar White é integrada com perfeição a pedra natural: Gielissen Interiors & Exhibitions, todos os direitos reservados.

O museu Rijksmuseum recebe de 1,5 a 2 milhões de visitantes ao ano e, portanto o escritório espanhol de arquitetura Cruz y Ortiz escolheu um material sustentável. DuPont™ Corian® foi escolhido por sua aparência arquitetônica, mas também porque é fácil de limpar e tem alta resistência ao desgaste. A empresa Gielissen Interiors & Exhibitions se responsabilizou pela coordenação e realização geral do projeto.

DuPont-Corian-Brasil-Museu_Holanda-1
(Esquerda)A parede atrás do restaurante é completamente feita com DuPont™ Corian® em Glacier White. (Direita) No balcão de pedra natural portuguesa de 22 metros de comprimento a superfície é trabalhada com DuPont™ Corian®. Fotos: Gielissen Interiors & Exhibitions, todos os direitos reservados.
DuPont-Corian-Brasil-Museu_Holanda-2
Faixas antiderrapantes em DuPont™ Corian® foram usadas em mais de 900 degraus. Foto: Gielissen Interiors & Exhibitions, todos os direitos reservados.

Usado sem emendas
O gerente de projeto Edwin van Meer, da empresa Gielissen Eindhoven, ficou orgulhoso com o resultado. “DuPont™ Corian® pode ser trabalhado em 3D e também de qualquer forma imaginável. Mas se você realmente quiser tirar vantagem de todas as possibilidades, você precisa ter um conhecimento especializado do material. Pudemos usar toda a nossa experiência neste projeto do museu Rijksmuseum. Por exemplo, criamos formas arredondadas e usamos um método de vedação especial que permite o material DuPont™ Corian® se ajustar sem emendas à pedra natural. Isso trouxe um resultado fantástico em todas as diferentes salas e espaços.”

Uso prático
O café-restaurante usa muito DuPont™ Corian®. O balcão de pedra portuguesa natural de 22 metros, tem uma superfície trabalhada com DuPont™ Corian®. E atrás do bar, todas as superfícies são feitas com este material especial. Todo o equipamento é integrado, como as tomadas elétricas e o lixo do café para a máquina de expresso. Toda a área é completamente sem emenda, o que permite que todas as superfícies sejam limpas de maneira eficiente.

Todas as formas imagináveis
A enorme parede que fica atrás é completamente feita em DuPont™ Corian®. Aqui a Gielissen usou sua incrível habilidade de artesão para criar reentrâncias escondidas para o equipamento refrigerado e freezers. O restaurante contem até uma longa mesa de 16 metros criada pela Gielissen inteiramente de Corian®. E todas as outras mesas no restaurante têm a superfície feita com este lindo material em Glacier White.

Invisível ao público, mas ainda assim tão bonito quanto prático é o uso de Corian® na cantina do pessoal que trabalha no restaurante. Neste caso a escolha foi feita por razões de sustentabilidade e eficiência prática. O uso harmônico do material acaba sendo a escolha lógica para todos os lugares aonde as pessoas trabalham duro.

Escadas resistentes ao desgaste
Corian® foi usado em muitas áreas diferentes do museu. Por exemplo, no balcão de informação, onde os visitantes podem pegar equipamento de som, e também nos bancos onde podem relaxar. “Eu até posso imaginar os personagens da pintura de Rembrandt “Night Watch” olhando estes lindos bancos com admiração”, brincou o gerente de projeto da Gielissen.  Tiras antiderrapantes feitas com Corian®, também foram usadas em todos os mais de 900 degraus de todas as escadas. “Ao escolher este material, o museu Rijksmuseum ficará lindo e seguro ainda por muitos anos.”