Marcas, Normas e regulamentações para EPI - DuPont™ Nomex®

Marcas CE, normas e regulamentações são critérios importantes ao escolher equipamentos de proteção individual.

Duas diretivas obrigatórias da CE, que devem ser transpostas para legislação nacional por todos os países membros da União Europeia, regulam o EPI.

  • A diretiva europeia sobre EPI – 89/686 EEC – é a diretiva obrigatória (informalmente chamada de “Diretiva de produto”). A diretiva se aplica à manufatura de roupas de proteção e define os requisitos "essenciais" que um produto de EPI deve atender antes de ser colocado no mercado.

    Mais de 150 padrões de EN harmonizados foram desenvolvidos pelo CEN/CENELEC para verificar se um item de EPI específico está em conformidade com esses requisitos essenciais. Requisitos acima do desempenho mínimo para a certificação CE podem ser especificados pelos usuários com relação a determinados perigos específicos ou outras considerações.

    Uma certificação CE, indicada pela marca CE no produto, informa ao usuário final que o EPI atende aos requisitos essenciais definidos para proteção contra determinados perigos em determinados usos, bem como a ergonomia, a inocuidade e os tamanhos adequados.

  • A diretiva europeia sobre o uso de EPI – 89/656 EEC – é a diretiva europeia obrigatória (informalmente chamada de “Diretiva do usuário”) que se aplica a todos os usuários finais de roupas de proteção. Define as obrigações e regulamenta as medidas que precisam ser tomadas pelos funcionários e empregadores para manter e melhorar a segurança e a saúde dos trabalhadores em cada aspecto relacionado a seu trabalho.

    A diretiva regulamenta a avaliação de risco, a necessidade de medidas preventivas, treinamento e informações e estipula que o EPI precisa ser fornecido gratuitamente pelo empregador. Ela considera que a segurança, a higiene e a saúde dos trabalhadores no trabalho são objetivo que não deve ser subordinado a considerações puramente econômicas.