A DuPont Protection Technologies reafirma seu compromisso de combater veementemente a violação de marca registrada e a falsificação

Press Release | Outubro 28, 2015
Press Release
Tecnologias de proteção que combatem a violação de marca registrada e a falsificação
Marcas em destaque
 
 
 

Defesa de ativos valiosos da marca: Licenciados das marcas Kevlar®, Nomex® e Tyvek®, e autorizados Kevlar® lançam novos produtos inovadores, definindo o tom para os próximos 50 anos

Em conjunto com a participação desta semana na conferência A+A semestral em Dusseldorf, a principal feira mundial de mercado e comunicação nos setores de segurança e saúde ocupacional, a DuPont Protection Technologies (DuPont), reafirmou hoje seus esforços globais para combater o uso não autorizado e ilegal de suas marcas, especialmente quando esses falsificadores colocam em risco a segurança dos usuários finais.

Como proprietária de marcas icônicas como DuPont™ Kevlar®, DuPont™ Nomex® e DuPont™ Tyvek®, a empresa entrou com mais de 700 casos de violação de marca registrada no último ano, incluindo 19 casos de falsificação. A maior parte dos casos é resolvida extrajudicialmente, no entanto, mais de duas dúzias de casos em todo o mundo já foram encerrados por meio de ações judiciais bem-sucedidas.

No mesmo período, mais de uma dúzia de empresas assinaram novos acordos de licenciamento com a DuPont, recebendo autorização pelo uso da marca DuPont™ Kevlar®, que comemora seu 50º aniversário este ano. Diversos clientes e licenciados continuam inovando com os materiais avançados de renome mundial da empresa.

"De modo a proteger o valor de nossas marcas e a segurança e durabilidade que elas representam, a DuPont leva muito a sério a violação de marcas e o uso fraudulento delas", afirmou Giselle Ruiz-Arthur, consultoria de direitos autorais e marcas corporativas da DuPont. "Temos uma estratégia muito eficaz para combater esse problema com o auxílio de uma equipe global de proteção de marca capaz de identificar rapidamente os casos a serem abordados e as tomar medidas necessárias".

Algumas das ações recentes que a empresa adotou incluem o treinamento de funcionários aduaneiros para reconhecer rotulagem falsificada a fim de ajudar a apreender falsificações, trabalhando com as autoridades competentes para realizar apreensões e organizando-se para derrubar sites que promovam produtos falsos. Em uma dessas situações, a empresa denunciou falsificadores identificados que vendem equipamentos de proteção falsas na indústria de petróleo e gás para agências de proteção ao consumidor em todo o mundo.

A DuPont é membro da International AntiCounterfeiting Coalition (IACC), uma organização sem fins lucrativos com sede em Washington, D.C., a qual representa os interesses de mais de 250 empresas associadas que se preocupam com a falsificação e a pirataria. Dentre os membros da IACC, estão muitas das marcas mais conhecidas do mundo em todos os setores de produtos. Segundo o site da IACC, somente no ano fiscal de 2014, o Departamento de Segurança Interna apreendeu produtos falsificados avaliados em mais de US$ 1,2 bilhão na fronteira com os EUA. Na esfera global, o tráfico de produtos falsificados é muito maior e continua crescendo.

"A falsificação, além de ser crime, pode deixar vítimas e resultar em danos graves aos consumidores. É fundamental que as empresas cujos produtos atuam na área da saúde e segurança tomem medidas para proteger seu público", afirmou Candice Li-Uzoigwe, vice-presidente de assuntos públicos globais da IACC. "A falsificação é um problema global e requer uma solução na mesma medida. Reconhecemos os esforços da DuPont para combater a falsificação no mundo todo".

Como parte de suas atividades de fortalecimento da marca, a DuPont celebrou este ano novos acordos de licenciamento, alinhando-se a outras marcas consolidadas que além de usar a marca DuPont™ Kevlar®, também inovam com a tecnologia para lançar novos produtos, dentre eles: Roupas e calçados Reebok; calçados Adidas; uniformes Dewalt e produtos de sistema de refrigeração Prestone.