Testes de longo prazo de DuPont™ Nomex®

A abertura oficial da RAGTAL, a Instalação de Treinamento Regional de Luxemburgo de Usuários de Equipamentos Respiratórios, em 2009 anunciou o início de um teste de longo prazo de equipamento de proteção contra fogo feito de DuPont™ Nomex. Depois de dois anos, os primeiros resultados do teste estão disponíveis.

dpt_nomex_LP_EMEA_Ragtal2_photo1_218_109
dpt_nomex_LP_EMEA_Ragtal2_photo2_218x109

A RAGTAL (Regionale Atemschutz-Geräte-Träger-Ausbildungsanlage), localizada em Luxemburgo, treina bombeiros de toda a Europa em uma instalação de incêndio alimentado por madeira e em uma unidade de flashover. Os programas de treinamento consistem em experimentar as táticas corretas a serem adotadas para atacar um incêndio dentro de um prédio, combater o incêndio em condições complicadas, como baixa visibilidade, resgate de emergência em situações extremas bem como o uso de câmeras de vídeo para detectar pessoas e fogo.

Com aproximadamente 1.000 alunos por ano, o estresse físico de cada instrutor da equipe de CBF (Combat Fire Behaviour, Comportamento no Combate ao fogo) exige muito esforço e, portanto, o uso de equipamento de proteção com desempenho confiável durante os programas de treinamento é importante para os instrutores. Foram focalizadas 50 jaquetas e calças feitas pela Consultiv, S-Gard, Texport, Viking e Vorndamme. Os trajes, todos certificados de acordo com a EN 469, têm uma estrutura de três camadas, com uma camada externa feita de DuPont™ Nomex® Tough, uma membrana, e forro de Nomex® e são usados pelos instrutores de combate a incêndio da RAGTAL durante todos os exercícios práticos.

Quatro sessões de treinamento de flashover em um dia

Em 2010, mais de 1.200 bombeiros ativos foram treinados em mais de 60 diferentes cenários, por exemplo, resistência ao calor e gás de combustão, combate a incêndio em tanques de gás e flashovers em um contêiner com incêndio alimentado por madeira. Cada um desses exercícios envolve um alto nível de esforço mecânico nos trajes, sujeira considerável e até quatro surtos de calor intenso por dia provocados pela ignição de combustíveis dentro do contêiner de flashover.

Programa de manutenção documentado

Devido ao uso e ao desgaste intensivos aos quais cada traje é submetido durante as sessões de treinamento, cada item do traje recebe um programa de manutenção de cinco etapas depois de cada dia de exercícios. Esse programa inclui uma pré-lavagem em água fria para remover a sujeira mais grossa, seguida por uma lavagem a 60 °C.

Em seguida, as jaquetas e calças são viradas do avesso, penduradas na temperatura ambiente para pré-secagem e, em seguida, secas em uma máquina de secar roupas. Isso é seguido por uma verificação visual, interna e externa, incluindo um bom exame das membranas.

Todas as etapas e resultados do processo de manutenção são registrados com todas as impressões obtidas dos instrutores com relação ao conforto e observações práticas. Os resultados são enviados aos fabricantes, permitindo que eles melhorem o design quando apropriado.

Desempenho máximo depois de 80 ciclos intensivos de uso e lavagem

Os trajes feitos de fibra Nomex® estão em uso há dois anos agora e sobreviveram a 80 flashovers em contêineres e a 20 lavagens. O instrutor de incêndio da RAGTAL, Bernd Schmeltzle, resume o resultado: “Apesar do uso intensivo em um ambiente hostil, todos os 50 trajes estão em perfeitas condições interna e externamente.”

Visualmente, as jaquetas e as calças vermelho-escuras mudaram muito pouco em comparação com as originais. Depois de 24 meses, as faixas refletoras, os zíperes, as costuras e as membranas parecem estar como novas. Não há sinal de formação de bolinhas na camada externa. Apenas um modelo exibe uma quantidade mínima de abrasão em uma determinada área, que aparentemente é devido ao design que foi desde então modificado.

“Nós passamos nossas impressões e experiências para os fabricantes que usam essas informações para fazer melhorias nos trajes”, diz o instrutor de combate a incêndio da RAGTAL, Bernd Schmeltzle, ao comentar sobre a cooperação com os fabricantes.

Preferencias pessoais em detalhes específicos

No que diz respeito ao conforto, não há diferenças entre os vários designs dos trajes, embora os instrutores da RAGTAL tenham suas preferências pessoais com vários recursos.

Por exemplo, um usuário prefere as pernas das calças largas e com Velcro®, pois são mais fáceis de vestir quando está usando botas. Outro gosta do corte generoso da joelheira que fornece uma zona de proteção mais ampla ao se ajoelhar ou se arrastar. Outras preferências pessoais envolveram vários mecanismos de ajuste do comprimento da braçadeira, várias fivelas de metal, clipes de plástico resistente ao calor e cintas elásticas.

Resumindo as diferenças, Bernd Schmeltzle diz: “Os cinco sistemas mostram que o mesmo problema de design pode ser resolvido convincentemente de várias maneiras, e cada design tem suas resistências específicas.” Com um sistema de fixação com acesso dos dedos, por exemplo, os usuários podem ajustar o comprimento da braçadeira com um único movimento, enquanto outra solução apresenta um sistema de gancho e colchete para ajustar a fixação da posição das braçadeiras na cintura.

Proteção total contra chamas e calor após 10 anos

Os testes de chamas mostraram que as jaquetas e calças de Nomex® não perderam nenhuma de suas qualidades protetoras mesmo depois de mais de dez anos de uso. Uma chama intensa de oito segundos no Thermo-Man® produziu o mesmo resultado consistentemente. Depois de vários anos de uso, as roupas de proteção de Nomex® ainda oferecem a mesma proteção contra chamas e calor como o faziam no estado original.

“É bom saber que mesmo depois de muitos ciclos de uso/desgaste ainda podemos confiar na proteção contra chamas e calor de nossos trajes de Nomex®”, disse Bernd Schmeltzle que continuará o teste de desgaste de longo prazo com seus colegas de treinamento de combate a incêndio.